Menu Mobile LOJA ONLINE
Loja online Facebook Newsletter

5 maneiras cientificamente comprovadas de viver por mais de 100 anos

Em Dec 21, 2015 9:19:52 AM

Image title

Envelhecer bem é o sonho de consumo da maioria das pessoas. É por isso que academias estão lotadas sempre e que tanta batata-doce é vendida nesse mundo, afinal já temos consciência de que mexer o corpo e ter uma boa alimentação são duas das práticas fundamentais para quem quer ter uma vida longa.

Agora, uma pergunta: por quantos anos você gostaria de viver? Se a resposta tiver mais de três dígitos, isso é ótimo, mas você já se perguntou qual é o segredo das pessoas centenárias? O Metro publicou uma série de dicas com bases científicas para quem busca uma vida realmente longa – e, sinceramente, não são dicas tão difíceis de seguir. Confira:

1 – O estresse

Quem é que não fica estressado de vez em quando? A questão não é não se estressar, mas sim a forma como se lida com o estresse. Pessoas centenárias costumam enfrentar situações de extremo nervosismo e ansiedade de uma jeito melhor, justamente porque têm altos níveis de inteligência emocional.

Image title

2 – O peso

Infelizmente, o sobrepeso não é um indicativo de vida longa. Pessoas acima dos 100 anos geralmente são magras, então é importante controlar o seu peso, se você acha que deve.

Image title

3 – O cigarro

Não é exatamente uma novidade, mas fumar é um hábito que, diariamente, diminui suas chances de ter uma vida longa. Se é de um choque que você precisa para pensar em largar o vício de vez,confira a diferença entre os pulmões de uma pessoa fumante e a de uma não fumante.

Image title

4 – A saúde mental

Pessoas que ultrapassam os 100 anos geralmente não têm problemas relacionados à saúde mental. Em alguns casos, é claro, não se pode evitar o aparecimento de algumas doenças, como a de Alzheimer, mas é possível, sim, mudar alguns hábitos em prol de uma boa saúde mental.

Image title

5 – A maternidade

Pois é, rapazes, aqui a dica é só para as mulheres mesmo. Para a Ciência, ter filhos depois dos 40 é um sinal de que a mulher está envelhecendo bem e lentamente, ou seja: é um ótimo indicativo de amadurecimento.

Image title

FONTE(S) Metro/Rob Waugh